Mediterranean Style

 

Uma casa decorada com influências mediterrâneas significa que bebe essencialmente inspirações do sul da Grécia, Itália e Espanha, em cujos ambientes decorativos encontramos elementos rústicos e naturalistas, por exemplo, como a madeira, o vime ou a ráfia, a porcelana ou o vidro.

Trata-se de um estilo de decoração que se integra em harmonia com uma estética de interiores contemporânea, mais usual em realidades citadinas. Os elementos rústicos e naturalistas tornam a sua a casa visualmente mais rica e interessante, mais acolhedora e também ajuda a tornar a sua casa mais organizada e minimalista, assim como podem incentivar rotinas muito mais ecológicas.

Habitualmente encontramos todos os objectos “à vista” e a sua funcionalidade une-se à sua presença assumida na decoração. Refiro-me, por exemplo, à escolha por um cesto de arrumação de talheres para colocar numa prateleira, o uso de diferentes estilos de cestos para todas as finalidades, desde vasos de plantas até à arrumação dos alimentos dentro do frigorífico (evitando assim o plástico ou as embalagens de fornecedor dos produtos embalados!).

Uma dica desta tendência: as cadeiras à mesa não precisam necessariamente de combinar entre si. E que tal render-se a uma cadeira de baloiço em verga para uma assoalhada indoor? 

Ainda associada à boa prática de não se recorrer ao plástico, é tirar partido de jarros de vidro com tampa, para ter sempre à mão água para servir.

Flores frescas ou plantas secas não faltam numa decoração mediterrânea e uma dica muito em útil é tirar partido dos jarros de água de design clássico, que podem ser colocados estratégicamente no chão ou como centro de mesa.

por Marta Pinto de Miranda

do blog T1NonSenseHome

Clique nas imagens para descobrir mais sobre os artigos.